O que levar em consideração ao comprar uma dobradiça?

Para quem possui pouco conhecimento sobre o assunto, escolher e comprar uma dobradiça pode parecer uma tarefa fácil. Mas, a história não é bem assim. Na verdade, diversos fatores devem ser levados em consideração antes de decidir qual o melhor modelo para o seu projeto, como o tipo de instalação ou material de fabricação, por exemplo.

Portanto, se você quer descobrir como selecionar a dobradiça correta, economizando tempo e dinheiro no processo, basta acompanhar este artigo até o final!

Mas, afinal, o que é uma dobradiça?

Comprar dobradiça
Resumidamente, uma dobradiça é um dispositivo de metal que possui dois tipos de peças: as chapas (ou abas) e um eixo cilíndrico (ou pino), que serve para unir as duas abas e permitir o movimento de abertura e fechamento da dobradiça.

Embora muitas pessoas associem o uso de dobradiças unicamente com portas e janelas, esse item também é muito utilizado em portões, baús, caixas, cofres e armários, já que tornam possível abrir e fechar suas estruturas da forma correta, preservando os móveis e objetos.

A fabricação das peças é geralmente feita em aço carbono, aço inox ou latão, materiais de alta resistência mecânica e que possuem aplicações específicas para cada projeto.

Como comprar uma dobradiça? Conheça os principais tipos

Antes de escolher uma dobradiça é preciso conhecer seus mais variados tipos, assim, as chances de selecionar o modelo correto aumentam bastante. E, caso você fique com qualquer dúvida, acesse a página de produtos do nosso site e conheça os modelos disponíveis para você.

A Silvana é reconhecida pela fabricação de dobradiças com sortimento, qualidade e segurança. Acompanhe abaixo todos os modelos:

  • Dobradiça simples: Esse modelo de dobradiça costuma ser o mais usado e é também o mais conhecido. Por conta da facilidade no manuseio, a dobradiça simples geralmente é a escolha perfeita para as mais variadas finalidades. Outro ponto positivo desse tipo de dobradiça é que ela pode ser encontrada nos mais diferentes materiais, permitindo que a decisão final pela compra do produto seja inteiramente do consumidor.

    Por ser prática e não exigir muito conhecimento de quem vai instalá-la, esse modelo se mostra extremamente vantajoso para qualquer pessoa, seja um profissional da área ou alguém totalmente leigo no assunto.

  • Dobradiça invisível: Essa dobradiça possui uma infinidade de variações, mas sempre mantendo o seu objetivo inicial: ser a mais discreta possível. Elas são duráveis, muito agradáveis esteticamente, seguras e permitem a abertura total (de 180°) de portas e demais superfícies.

  • Dobradiça Vai e Vem: As dobradiças do tipo vai e vem são indicadas para portas de madeira ou portas metálicas que necessitam realizar abertura para ambos os lados do ambiente (para dentro ou para fora), este tipo de dobradiça possui uma mola de retorno que é responsável por permitir este tipo de abertura, que chega até 180° para cada lado. Estas dobradiças são muito utilizadas em portas de restaurantes, bares, hospitais e hotéis.

 

 

 

 

 

 

Além dessas, existem diversas outras opções de dobradiças disponíveis no mercado, onde uma, com certeza, atenderá as suas necessidades

Escolha o material adequado para a sua dobradiça

Tendo em mente o estilo de dobradiça que você irá precisar para o seu projeto é hora de entender os materiais de fabricação e a diferença entre eles:

  • Aço Carbono: as dobradiças em aço são extremamente resistentes e seguras, tendo uma enorme vida útil e raramente sendo necessário realizar trocas antes do esperado. Por serem capazes de suportar pesos e superfícies maiores, são geralmente utilizadas em portas de entrada ou em janelas bem estruturadas.

  • Latão: Por ser um metal mais nobre, as dobradiças produzidas em Latão possuem uma resistência a intempéries (oxidação) maior do que às dobradiças produzidas em aço carbono, por exemplo. O latão também é o metal mais usado para produção de dobradiças artesanais ou personalizadas.
  • Aço Inox: Dobradiças em aço inox trazem consigo 02 importantes características, maior resistência mecânica e maior resistência a intempéries (oxidação), são a alternativa ideal para projetos que especifiquem portas e janelas robustas e maciças.

O acabamento da dobradiça também deve ser considerado

Com a utilização de revestimentos que evitam a corrosão e tornam as peças mais atraentes ao olhar, as dobradiças deixaram de ser apenas um mecanismo de abertura e fechamento de portas e se transformarão em um item até mesmo de decoração.

Hoje, já é possível encontrar peças nos mais variados acabamentos, como cromado, cromo escovado, branco, preto, prata, dourado, colonial e até mesmo tons semelhantes aos de madeira.

Por isso, antes de comprar a sua dobradiça, decida o quão relevante ela será para a composição do ambiente.

É hora de escolher a dobradiça ideal!

Além do acabamento e do material da dobradiça existem alguns pontos importantes para que a escolha do modelo seja feita da melhor maneira possível.

Identificar de forma clara onde será a aplicação da dobradiça;

Após identificada a aplicação, relacionar as informações necessárias como altura, espessura e peso da porta ou janela, tipo de abertura entre outras, para que possa ser identificado o tipo ideal de dobradiça;

Considerar ainda o tipo de instalação e a funcionalidade desejada.

Após identificados todos estes pontos, importante buscar profissional especializado para realizar a instalação adequada da dobradiça de acordo com o especificado em seu projeto.

 













Algumas informações extras que podem fazer a diferença na hora da compra

Você não precisa, necessariamente, ser especialista em construções para escolher a dobradiça correta. Com um pouco de atenção e leitura sobre o assunto, é possível resolver essa questão facilmente e de forma rápida.

Para lhe ajudar nesta tarefa, preparamos algumas dicas especiais, listadas abaixo:

  • A maioria das dobradiças pode ser facilmente manuseada. Ou seja, não são difíceis demais para que uma pessoa sem prática entenda seu funcionamento e instalação;

  • Uma dobradiça com mais parafusos é, na maioria das vezes, a melhor opção para quem deseja segurança. O motivo? Quanto maior o número de pinos e parafusos, mais difícil será retirar uma porta ou janela do lugar;

  • Você precisa manter suas dobradiças sempre limpas. Além de evitar gordura, poeira e demais sujeiras do ambiente, essa prática pode lhe poupar um tempo precioso, já que as chances de você ter que retirar a peça do lugar para uma limpeza mais pesada diminuem;

  • Após a instalação, certifique-se que o processo foi feito da maneira correta e que não há riscos de funcionamento ruim. “Retrabalho” nunca é agradável;

  • Peça a ajuda de um fabricante. Ninguém melhor para falar sobre dobradiças e tirar todas as suas dúvidas do que quem produz o item. Por isso, não pense duas vezes antes de consultar o SAC ou as redes sociais de uma empresa especializada. Para isso, conte com a Silvana. Estaremos aqui para lhe ajudar no que for necessário;

  • Para limpeza e manutenção das dobradiças, utilizar sempre uma flanela umedecida com água e secar utilizando flanela seca e limpa. Nunca utilize produtos químicos como solventes, aguarrás, abrasivos, polidores e etc., para não danificar o acabamento da dobradiça e causar oxidação.

Precisando de ajuda na hora de escolher a melhor dobradiça para o seu projeto? Então acesse agora mesmo nosso site e conheça os nossos produtos!